25 de Janeiro de 2010 19:34:25
GIMA
vanvera 3

Início » Notícias » Estudos Bíblicos » Exibindo Notícia

Auto Posto Ariquemes

Data: 01/04/2024 Compartilhe esta notícia

 

 

LEITURA DO DIA 85/350 - Números 16, Jó 29 e 30

 ACESSE O SITE: WWW.BIBLIA350DIAS.COM.BR

 

A N T I G O   T E S T A M E N T O

 

Números 16:1 E CORÉ, filho de Izar, filho de Coate, filho de Levi, tomou consigo a Datã e a Abirão, filhos de Eliabe, e a Om, filho de Pelete, filhos de Rúben. 2 E levantaram-se perante Moisés com duzentos e cinquenta homens dos filhos de Israel, príncipes da congregação, chamados à assembleia, homens de posição, 3 E se congregaram contra Moisés e contra Arão, e lhes disseram: Basta-vos, pois que toda a congregação é santa, todos são santos, e o SENHOR está no meio deles; por que, pois, vos elevais sobre a congregação do SENHOR? 4 Quando Moisés ouviu isso, caiu sobre o seu rosto. 5 E falou a Coré e a toda a sua congregação, dizendo: Amanhã pela manhã o SENHOR fará saber quem é seu, e quem é o santo que ele fará chegar a si; e aquele a quem escolher fará chegar a si. 6 Fazei isto: Tomai vós incensários, Coré e todo seu grupo; 7 E, pondo fogo neles amanhã, sobre eles deitai incenso perante o SENHOR; e será que o homem a quem o SENHOR escolher, este será o santo; basta-vos, filhos de Levi. 8 Disse mais Moisés a Coré: Ouvi agora, filhos de Levi: 9 Porventura pouco para vós é que o Deus de Israel vos tenha separado da congregação de Israel, para vos fazer chegar a si, e administrar o ministério do tabernáculo do SENHOR e estar perante a congregação para ministrar-lhe; 10 E te fez chegar, e todos os teus irmãos, os filhos de Levi, contigo? Ainda também procurais o sacerdócio? 11 Assim tu e todo o teu grupo estais contra o SENHOR; e Arão, quem é ele, que murmureis contra ele? 12 E Moisés mandou chamar a Datã e a Abirão, filhos de Eliabe; porém eles disseram: Não subiremos; 13 Porventura pouco é que nos fizeste subir de uma terra que mana leite e mel, para nos matares neste deserto, senão que também queres fazer-te príncipe sobre nós? 14 Nem tampouco nos trouxeste a uma terra que mana leite e mel, nem nos deste campo e vinhas em herança; porventura arrancarás os olhos a estes homens? Não subiremos. 15 Então Moisés irou-se muito, e disse ao SENHOR: Não atentes para a sua oferta; nem um só jumento tomei deles, nem a nenhum deles fiz mal. 16 Disse mais Moisés a Coré: Tu e todo o teu grupo ponde-vos perante o SENHOR, tu e eles, e Arão, amanhã. 17 E tomai cada um o seu incensário, e neles ponde incenso; e trazei cada um o seu incensário perante o SENHOR, duzentos e cinquenta incensários; também tu e Arão, cada um o seu incensário. 18 Tomaram, pois, cada um o seu incensário, e neles puseram fogo, e neles deitaram incenso, e se puseram perante a porta da tenda da congregação com Moisés e Arão. 19 E Coré fez ajuntar contra eles todo o povo à porta da tenda da congregação; então a glória do SENHOR apareceu a toda a congregação. 20 E falou o SENHOR a Moisés e a Arão, dizendo: 21 Apartai-vos do meio desta congregação, e os consumirei num momento. 22 Mas eles se prostraram sobre os seus rostos, e disseram: Ó Deus, Deus dos espíritos de toda a carne, pecará um só homem, e indignar-te-ás tu contra toda esta congregação? 23 E falou o SENHOR a Moisés, dizendo: 24 Fala a toda esta congregação, dizendo: Subi do derredor da habitação de Coré, Datã e Abirão. 25 Então Moisés levantou-se, e foi a Datã e a Abirão; e após ele seguiram os anciãos de Israel. 26 E falou à congregação, dizendo: Desviai-vos, peço-vos, das tendas destes homens ímpios, e não toqueis nada do que é seu para que porventura não pereçais em todos os seus pecados. 27 Subiram, pois, do derredor da habitação de Coré, Datã e Abirão. E Datã e Abirão saíram, e se puseram à porta das suas tendas, juntamente com as suas mulheres, e seus filhos, e suas crianças. 28 Então disse Moisés: Nisto conhecereis que o SENHOR me enviou a fazer todos estes feitos, que de meu coração não procedem. 29 Se estes morrerem como morrem todos os homens, e se forem visitados como são visitados todos os homens, então o SENHOR não me enviou. 30 Mas, se o SENHOR criar alguma coisa nova, e a terra abrir a sua boca e os tragar com tudo o que é seu, e vivos descerem ao abismo, então conhecereis que estes homens irritaram ao SENHOR. 31 E aconteceu que, acabando ele de falar todas estas palavras, a terra que estava debaixo deles se fendeu. 32 E a terra abriu a sua boca, e os tragou com as suas casas, como também a todos os homens que pertenciam a Coré, e a todos os seus bens. 33 E eles e tudo o que era seu desceram vivos ao abismo, e a terra os cobriu, e pereceram do meio da congregação. 34 E todo o Israel, que estava ao redor deles, fugiu ao clamor deles; porque diziam: Para que não nos trague a terra também a nós. 35 Então saiu fogo do SENHOR, e consumiu os duzentos e cinquenta homens que ofereciam o incenso. 36 E falou o SENHOR a Moisés, dizendo: 37 Dize a Eleazar, filho de Arão, o sacerdote, que tome os incensários do meio do incêndio, e espalhe o fogo longe, porque santos são; 38 Quanto aos incensários daqueles que pecaram contra as suas almas, deles se façam folhas estendidas para cobertura do altar; porquanto os trouxeram perante o SENHOR; pelo que santos são; e serão por sinal aos filhos de Israel. 39 E Eleazar, o sacerdote, tomou os incensários de metal, que trouxeram aqueles que foram queimados, e os estenderam em folhas para cobertura do altar, 40 Por memorial para os filhos de Israel, que nenhum estranho, que não for da descendência de Arão, se chegue para acender incenso perante o SENHOR; para que não seja como Coré e a sua congregação, como o SENHOR lhe tinha dito por intermédio de Moisés, 41 Mas no dia seguinte toda a congregação dos filhos de Israel murmurou contra Moisés e contra Arão, dizendo: Vós matastes o povo do SENHOR. 42 E aconteceu que, ajuntando-se a congregação contra Moisés e Arão, e virando-se para a tenda da congregação, eis que a nuvem a cobriu, e a glória do SENHOR apareceu. 43 Vieram, pois, Moisés e Arão perante a tenda da congregação. 44 Então falou o SENHOR a Moisés, dizendo: 45 Levantai-vos do meio desta congregação, e a consumirei num momento; então se prostraram sobre os seus rostos, 46 E disse Moisés a Arão: Toma o teu incensário, e põe nele fogo do altar, e deita incenso sobre ele, e vai depressa à congregação, e faze expiação por eles; porque grande indignação saiu de diante do SENHOR; já começou a praga. 47 E tomou-o Arão, como Moisés tinha falado, e correu ao meio da congregação; e eis que já a praga havia começado entre o povo; e deitou incenso nele, e fez expiação pelo povo. 48 E estava em pé entre os mortos e os vivos; e cessou a praga. 49 E os que morreram daquela praga foram catorze mil e setecentos, fora os que morreram pela causa de Coré. 50 E voltou Arão a Moisés à porta da tenda da congregação; e cessou a praga.

C O M E N T Á R I O S

Números 16

Esse capítulo narra a rebelião de Corá, um levita, da família de Coate e de mais dois rubenitas, Datã e Abirão. Junto com eles, outros 250 homens bastante influentes no meio do povo, reuniram-se para reivindicar uma posição como a de Moisés e Arão, eles afirmavam que eles eram “santos” assim como os dois e por isso não precisariam da mediação destes para com Deus. Esses homens não estavam “questionando” a Moisés e Arão exatamente, eles questionavam a Deus, pois fora Deus quem os escolhera. Por conta disso, o Senhor se irou contra eles e até mesmo com o povo, que concordava com tudo aquilo. Todavia, Moisés intercedeu pelo povo e Deus fez com que a terra se abrisse e engolisse aqueles homens (32–34). No dia seguinte, todo o povo começou a se queixar de Moisés por conta do acontecido e a glória do Senhor apareceu para castigar o povo, mas Moisés ordenou que Arão intercedesse oferecendo incenso (simbolizando a oração), e assim foi feito e a praga que o Senhor tinha enviado parou, mas ainda assim morreram 14.700 pessoas, fora os que tinham sido engolidos pela terra.

O que Arão fez como Sumo Sacerdote naquele momento foi a PROPICIAÇÃO pelo povo a Deus, de modo que se colocou entre a ira de Deus e o povo. Isso faz clara alusão a Cristo, nosso Sumo Sacerdote justo e fiel, que foi Alvo da ira de Deus por AMOR a nós. PROPICIAÇÃO vem de “propício”, que é sinônimo de favorável. Logo, Propiciação é o ato pelo qual Deus se torna FAVORÁVEL a nós.

A N T I G O   T E S T A M E N T O

Jó 29:1 E PROSSEGUIU Jó no seu discurso, dizendo: 2 Ah! Quem me dera ser como eu fui nos meses passados, como nos dias em que Deus me guardava! 3 Quando fazia resplandecer a sua lâmpada sobre a minha cabeça e quando eu pela sua luz caminhava pelas trevas. 4 Como fui nos dias da minha mocidade, quando o segredo de Deus estava sobre a minha tenda; 5 Quando o Todo-Poderoso ainda estava comigo, e os meus filhos em redor de mim. 6 Quando lavava os meus passos na manteiga, e da rocha me corriam ribeiros de azeite; 7 Quando eu saía para a porta da cidade, e na rua fazia preparar a minha cadeira, 8 Os moços me viam, e se escondiam, e até os idosos se levantavam e se punham em pé; 9 Os príncipes continham as suas palavras, e punham a mão sobre a sua boca; 10 A voz dos nobres se calava, e a sua língua apegava-se ao seu paladar. 11 Ouvindo-me algum ouvido, me tinha por bem-aventurado; vendo-me algum olho, dava testemunho de mim; 12 Porque eu livrava o miserável, que clamava, como também o órfão que não tinha quem o socorresse. 13 A bênção do que ia perecendo vinha sobre mim, e eu fazia que rejubilasse o coração da viúva. 14 Vestia-me da justiça, e ela me servia de vestimenta; como manto e diadema era a minha justiça. 15 Eu me fazia de olhos para o cego, e de pés para o coxo. 16 Dos necessitados era pai, e as causas de que eu não tinha conhecimento inquiria com diligência. 17 E quebrava os queixos do perverso, e dos seus dentes tirava a presa. 18 E dizia: No meu ninho expirarei, e multiplicarei os meus dias como a areia. 19 A minha raiz se estendia junto às águas, e o orvalho permanecia sobre os meus ramos; 20 A minha honra se renovava em mim, e o meu arco se reforçava na minha mão. 21 Ouviam-me e esperavam, e em silêncio atendiam ao meu conselho. 22 Havendo eu falado, não replicavam, e minhas razões destilavam sobre eles; 23 Porque me esperavam, como à chuva; e abriam a sua boca, como à chuva tardia. 24 Se eu ria para eles, não o criam, e a luz do meu rosto não faziam abater; 25 Eu escolhia o seu caminho, assentava-me como chefe, e habitava como rei entre as suas tropas; como aquele que consola os que pranteiam.

C O M E N T Á R I O S

Jó 29 – “Terceiro discurso de Jó”

Jó inicia o seu terceiro discurso seguido, onde relembra dos seus tempos de “bênçãos”, da época em que o Senhor “cuidava” dele, uma época em que ele prosperava, que podia ajudar a todos, seja financeiramente ou com algum conselho, visto que ele era considerado por todos um sábio, fossem jovens ou velhos. Além disso todos o consideravam justo.

A N T I G O   T E S T A M E N T O

Jó 30:1 AGORA, porém, se riem de mim os de menos idade do que eu, cujos pais eu teria desdenhado de pôr com os cães do meu rebanho. 2 De que também me serviria a força das mãos daqueles, cujo vigor se tinha esgotado? 3 De míngua e fome se debilitaram; e recolhiam-se para os lugares secos, tenebrosos, assolados e desertos. 4 Apanhavam malvas junto aos arbustos, e o seu mantimento eram as raízes dos zimbros. 5 Do meio dos homens eram expulsos, e gritavam contra eles, como contra o ladrão; 6 Para habitarem nos barrancos dos vales, e nas cavernas da terra e das rochas. 7 Bramavam entre os arbustos, e ajuntavam-se debaixo das urtigas. 8 Eram filhos de doidos, e filhos de gente sem nome, e da terra foram expulsos. 9 Agora, porém, sou a sua canção, e lhes sirvo de provérbio. 10 Abominam-me, e fogem para longe de mim, e no meu rosto não se privam de cuspir. 11 Porque Deus desatou a sua corda, e me oprimiu, por isso sacudiram de si o freio perante o meu rosto. 12 À direita se levantam os moços; empurram os meus pés, e preparam contra mim os seus caminhos de destruição. 13 Desbaratam-me o caminho; promovem a minha miséria; contra eles não há ajudador. 14 Vêm contra mim como por uma grande brecha, e revolvem-se entre a assolação. 15 Sobrevieram-me pavores; como vento perseguem a minha honra, e como nuvem passou a minha felicidade. 16 E agora derrama-se em mim a minha alma; os dias da aflição se apoderaram de mim. 17 De noite se me traspassam os meus ossos, e os meus nervos não descansam. 18 Pela grandeza do meu mal está desfigurada a minha veste, que, como a gola da minha túnica, me cinge. 19 Lançou-me na lama, e fiquei semelhante ao pó e à cinza. 20 Clamo a ti, porém, tu não me respondes; estou em pé, porém, para mim não atentas. 21 Tornaste-te cruel contra mim; com a força da tua mão resistes violentamente. 22 Levantas-me sobre o vento, fazes-me cavalgar sobre ele, e derretes-me o ser. 23 Porque eu sei que me levarás à morte e à casa do ajuntamento determinada a todos os viventes. 24 Porém não estenderá a mão para o túmulo, ainda que eles clamem na sua destruição. 25 Porventura não chorei sobre aquele que estava aflito, ou não se angustiou a minha alma pelo necessitado? 26 Todavia aguardando eu o bem, então me veio o mal, esperando eu a luz, veio a escuridão. 27 As minhas entranhas fervem e não estão quietas; os dias da aflição me surpreendem. 28 Denegrido ando, porém não do sol; levantando-me na congregação, clamo por socorro. 29 Irmão me fiz dos chacais, e companheiro dos avestruzes. 30 Enegreceu-se a minha pele sobre mim, e os meus ossos estão queimados do calor. 31 A minha harpa se tornou em luto, e o meu órgão em voz dos que choram.

C O M E N T Á R I O S

Jó 30 – “Continuação do terceiro discurso de Jó”

Em seguida Jó começa a dizer que estes tempos de “glória” acabaram, visto que agora todos os homens zombam dele, começando pelos mais novos. Ele ainda afirma que por mais que implore a Deus auxílio, o Senhor não tem o atendido. E esse é um dos motivos que fazem com que todos se afastem dele, visto que ninguém estende a mão ao homem arruinado (24).

 

PARTICIPE TAMBÉM DO NOSSO GRUPO E SEJA NOTIFICADO TODA VEZ QUE FOR POSTADO MATERIAL NOVO

https://chat.whatsapp.com/GDc0V34H7EQ3Mvs7s9QRXJ

convide alguém par iniciar hoje o desafio de leitura bíblica

FONTE: ARIQUEMES190.COM.BR

ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS: lnk.bio/TVPCanal35

 

Data: 01/04/2024 Compartilhe esta notícia
 
 
Tigrão Veículos
moto mil
Adubar no Site
sobreira
Café Bem Cedo 2
LORYAL
Novalar
Adubar – Calcário de qualidade para o seu solo! – Vídeo

www.ariquemes190.com.br
Copyright © 2008 - 2024 Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Prospect Plus