25 de Janeiro de 2010 19:34:25
logo
Santa Maria Centro Vet

Início » Notícias » Rondônia » Exibindo Notícia

Auto Posto Ariquemes

Data: 15/06/2021 Compartilhe esta notícia

MPRO mantém mediação em negociações entre Governo do Estado, entidades representativas e movimento de esposas de PMs

O Ministério Público de Rondônia segue articulando o diálogo visando ao avanço das negociações para o encerramento do movimento de paralisação da Polícia Militar no Estado. Nesta segunda-feira (14/06), integrantes da Instituição estiveram reunidos com membros do Governo do Estado, entidades representativas, comitê formado por esposas de Policiais Militares e o alto Comando da corporação para dar prosseguimento às tratativas que objetivam o entabulamento de um acordo que contemple as reivindicações da categoria. Deflagradas na semana passada, as ações de aquartelamento, que têm como pauta central a equiparação salarial entre as forças policiais do Estado, já resultam no fechamento de unidades em alguns municípios. O encontro, o segundo realizado desde que os atos foram deflagrados, foi conduzido pelo Procurador-Geral de Justiça, Ivanildo de Oliveira. Entre outras autoridades, estiveram presentes o Procurador de Justiça Carlos Grott (Diretor do Centro de Atividades Extrajudiciais - CAEX); o Promotor de Justiça da Segurança Pública, Shalimar Christian Priester; o Procurador-Geral Adjunto do Estado, Tiago Cordeiro; a Secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Beatriz Basílio; o Secretário de Estado de Finanças, Luís Fernando Pereira da Silva; o Comandante da PM em Rondônia, Coronel Alexandre Almeida; o Presidente da Associação de Oficiais da PM, Coronel Adilberto Maciel; além das representantes das esposas que compõem o movimento, Tamires Araújo Romanine (Porto Velho); Shirley Zafalon (Cacoal) e Leandra Souza Brito (Ji-Paraná). Ao abrir os trabalhos, o chefe do Ministério Público reiterou o posicionamento da Instituição em contribuir para uma interlocução entre integrantes do movimento e o Governo de Rondônia, numa atuação que, conforme destacou, atende o dever constitucional de defender  o direito dos cidadãos à segurança pública, missão para a qual a Polícia Militar tem extrema relevância. Na ocasião, representantes do Comando da PM expuseram aos presentes o Plano de Valorização da Polícia Militar, um documento que compila as reivindicações salariais da categoria, abordando a defasagem salarial sofrida ao longo dos anos e a proposta de incremento nos vencimentos dos policiais, de acordo com a carreira militar. O movimento deflagrado por esposas de PMs pleiteia alteração da Lei Estadual nº 1063/2002, estabelecendo a equiparação salarial da Polícia Militar com a Polícia Civil.

Uma nova reunião deverá ser realizada no dia 28 de junho.

 

Departamento de Comunicação Integrada
Data: 15/06/2021 Compartilhe esta notícia
 
 
SANTA MARIA
Adubar no Site
WorldNet – Ariquemes
Tigrão Veículos
Novalar
unicesumar
moto mil
sobreira
Café Bem Cedo 2
LORYAL
QI PROVÃO
FAEMA
Adubar – Calcário de qualidade para o seu solo! – Vídeo
Superemax Direito

www.ariquemes190.com.br
Copyright © 2008 - 2021 Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Buscazip