25 de Janeiro de 2010 19:34:25
GIMA
vanvera 3

Início » Notícias » Ariquemes » Exibindo Notícia

Auto Posto Ariquemes

Data: 23/02/2024 Compartilhe esta notícia

Justiça mantem Loro da Sucam no cargo de Vereador – Prazo de 120 dias devem ser cumpridos

A suplente Telma Ferreira de Souza tentou ocupar a vaga do vereador Loro Sucan, afastado do cargo devido a operação CashBack. Loro está sendo investigado pela prática  de  "rachadinha". A justiça negou o pedido feito pela suplente, que solicitava ingressar na vaga de vereador  no lugar do Loro. A descisão da juíza Claudia Mara da Silva foi fundamentada em razões legais e jurídicas, após análise cuidadosa no caso. Com isso, vaga de vereador permanece ocupada por Loro da Sucam com remuneração. 

Relembre o caso: 

 

Vereador Loro da Sucam sofre um mandado de busca em seu gabinete e foi afastado por 120 dias - Vídeo

           Confira a reportagem que foi ao ar pelo programa Bronca da Pesada. Assista de segunda à sexta-feira a partir das 11 horas, com reprise às 20 horas, pela TV do Povo - Canal 35 e agora no Digital 35.1.

A Polícia Civil de Rondônia, por intermédio da Draco2 - 2ª Delegacia de Repressão ao Crime Organizado, comandada pelos Delegados Fred Matos, Roberto Dos Santos e Rondinelly Moreira, em conjunto com o Departamento de Estratégia e Inteligência (DEI) e o GAECO/MP, deflagrou nesta quinta-feira (07/11) a operação CashBack. O objetivo é investigar a prática de “rachadinha” realizada por um parlamentar municipal de Ariquemes, que resultou em seu afastamento judicial por 120 dias.

As investigações revelaram que o parlamentar exigia uma parcela da remuneração de seus assessores e indicados tanto na Câmara Municipal quanto na Prefeitura de Ariquemes. Além disso, utilizava terceiros para ocultar os valores recebidos. Os crimes apurados incluem Peculato, Associação Criminosa e Lavagem de Capitais.

A operação mobilizou cerca de 50 policiais das Dracos, DEI, GAECO e Regional de Ariquemes, resultando no cumprimento de 12 medidas de busca e apreensão, além do afastamento do parlamentar por 120 dias.

O nome “CashBack” traduzido como “Dinheiro de Volta”, refere-se ao conceito em que o consumidor recebe parte do valor pago por um produto ou serviço. Neste caso, a operação busca elucidar os mecanismos utilizados para a devolução de recursos ilicitamente obtidos pelo vereador investigado.

Segundo Dr Samir Fouad Abboud, Delegado Geral da Pc:

“A Polícia Civil de Rondônia tem como um dos seus propósitos basilares a investigação e esclarecimento de casos de corrupção envolvendo agentes públicos e desvio de verbas destinadas ao bem-estar da população. Toda e qualquer conduta suspeita de corrupção pode ser reportada através do número 197, garantindo uma rigorosa apuração por parte das autoridades competentes.”

  

FONTE: PCRO / VÍDEO: CANAL 35.1

ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS: lnk.bio/TVPCanal35

 

 

 

 

 

Data: 23/02/2024 Compartilhe esta notícia
 
 
sobreira
Café Bem Cedo 2
moto mil
LORYAL
Tigrão Veículos
Adubar no Site
Adubar – Calcário de qualidade para o seu solo! – Vídeo
Novalar

www.ariquemes190.com.br
Copyright © 2008 - 2024 Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Prospect Plus