25 de Janeiro de 2010 19:34:25
logo
Babão Poços Artesianos

Início » Notícias » Ariquemes » Exibindo Notícia

Dario

Data: 21/09/2020 Compartilhe esta notícia

ARIQUEMES: CASO TÁTILA – Após prisão de Kevyn familiares e amigos aliviados gradecem autoridades - Vídeo

 

         Após ser confirmada pelos Delegados de Polícia Civil as informações do Laudo Tanatoscópico de Tátila Istela, que apontou a possível causa mortis, e a confirmação da prisão do amásio de Tátila, suspeito da prática do crime de Feminicídio, familiares e amigos de Tátila, que já vinham cobrando das autoridades que Justiça fosse feita em relação à morte da jovem, agora, aliviados, se reuniram em frente à Unidade de Segurança Pública (UNISP) para agradecer a ação policial. Confira o vídeo realizado pela equipe de reportagens do Site Ariquemes190 e Canal 35.1 Digital. 

 

         Mais informações no Programa Bronca da Pesada, que vai ao ar a partir das 11 horas, com reprise às 20 horas, pela TV do Povo Canal 35 e agora no Digital 35.1, filiada Rede Meio Norte.

 

RELEMBRE O CASO:

ARIQUEMES: CASO TÁTILA – Laudo apontou para crime de Feminicídio – Delegados falam sobre o caso

 

         Após a morte da jovem Tátila Istela, a Polícia Civil já iniciou as investigações para constatar se a causa da morte teria sido um suicídio, como afirmava Kevyn, o amásio da vítima, ou se havia indícios de crime. O resultado do Laudo Tanatoscópico constatou que as lesões da jovem eram incompatíveis com a versão dos fatos apresentadas por Kevyn, o que motivou a prisão temporário do suspeito. Confira as entrevistas concedidas à equipe de reportagens do Site Ariquemes190 e Canal 35.1 Digital, pelo Delegado de Polícia Civil Dr. Ricardo Rodrigues, titular da Delegacia de Homicídios de Ariqquemes e Dr. Rodrigo Duarte, Delegado Regional de Polícia Civil em Ariquemes.   

 

Delegado de Polícia Civil Dr. Ricardo Rodrigues

 

Dr. Rodrigo Duarte, Delegado Regional de Polícia Civil

 

         Mais informações no Programa Bronca da Pesada, que vai ao ar a partir das 11 horas, com reprise às 20 horas, pela TV do Povo Canal 35 e agora no Digital 35.1, filiada Rede Meio Norte.

 

RELAMBRE O CASO:

ARIQUEMES: CASO TÁTILA - Família pedia Justiça e não acreditava em suicídio - Vídeo

 

         Após a morte de Tátila Istela, a família, que em nenhum momento acatou a tese de que o fim da vida da jovem teria sido suicídio, organizou uma manifestação em forma de Pit Stop onde através de faixas e cartazes, parentes e amigos foram às ruas pedindo às autoridades que investigassem e fizessem Justiça pela vida de Tátila. Confira o Vídeo realizado pela à equipe de reportagens do Site Ariquemes190 e Canal 35.1 Digital, no dia do protesto. 

 

         Mais informações no Programa Bronca da Pesada, que vai ao ar a partir das 11 horas, com reprise às 20 horas, pela TV do Povo Canal 35 e agora no Digital 35.1, filiada Rede Meio Norte.

 

RELEMBRE O CASO:

ARIQUEMES: OPERAÇÃO LOKI - Cantor Kevyn é preso suspeito de Feminicídio

Segundo o informado na ocorrência 133596/2020 no dia 06 de setembro do corrente ano o namorado da vítima T.I.T.G. teria procurado um vizinho de apartamento afirmando que esta se enforcou.

Quando este vizinho chegou ao local a vítima já estava no interior do apartamento, sobre a cama, deitada de costas, momento em que a carregaram até o carro e a levaram à UPA, onde foi constatado o óbito.

O fato foi registrado, com base nas informações do namorado, como suicídio, mas haviam muitas dúvidas e contradições, razão pela qual foi instaurado o inquérito policial para o aprofundamento das investigações.

O laudo de exame tanatoscópico, emitido pelo Instituto Médico Legal de Ariquemes, apontou que os sinais encontrados no corpo da vítima eram incompatíveis com o objeto supostamente utilizado no enforcamento, um pedaço de pano que estava pendurado na grade do ar-condicionado.

Também foram colhidas outras informações relevantes, que serão melhor detalhadas ao final das investigações, razão pela qual foi feita a representação pela prisão temporária, a qual teve parecer favorável do Ministério Público do Estado de Rondônia e foi deferida pela MMa. Juíza Titular da 1ª Vara Criminal de Ariquemes.

Os policiais da Delegacia de Homicídios de Ariquemes localizaram o suspeito C.S. chegando à residência dele nesta noite e efetuaram o cumprimento do mandado de prisão.

Importante ressaltar que o crime de feminicídio, previsto no artigo 121, §2º, VI, do Código Penal, é considerado crime hediondo, com pena prevista de 12 a 30 anos de prisão.

A prisão temporária tem o prazo de 30 dias e neste tempo a Delegacia de Homicídios de Ariquemes concluirá as investigações, podendo ser feita representação pela conversão em prisão preventiva (sem prazo).

Integrante da mitologia Nórdica, Loki é conhecido como o “pai da mentira”, além de ser o deus da trapaça, razão pela qual seu nome foi utilizado para batizar a operação, já que o suspeito teria alterado a cena do crime no intuito de fazer todos acreditarem que a vítima se matou.

FONTE: ARIQUEMES190.COM.BR

Curtam nossa página no facebook: CANAL35/ARIQUEMES190

Siga-nos no Instagram: CANAL 35 - ARIQUEMES190.COM.BR

Data: 21/09/2020 Compartilhe esta notícia
 
 
Café Bem Cedo 2
Superemax Direito
Adubar no Site
SANTA MARIA
LEITE DO SÍTIO IN NATURA – DA VACA DIRETO PARA SUA MESA – R$ 2,50 O LITRO
Tigrão Veículos
unicesumar
Novalar
moto mil
Adubar – Calcário de qualidade para o seu solo! – Vídeo
LORYAL
sobreira
WorldNet – Ariquemes

www.ariquemes190.com.br
Copyright © 2008 - 2020 Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Buscazip, Guiaking Empresas