25 de Janeiro de 2010 19:34:25
logo
dydyo

Início » Notícias » Rondônia » Exibindo Notícia

Auto Posto Ariquemes

Data: 10/01/2020 Compartilhe esta notícia

Prefeitura, SENAR e Sindicato Rural realizam Assistência Técnica e Gerencial em lavoura cacaueira de produtor

Profissionais ensinaram produtor a fazer a revitalização do cacau seminal para o cacau clonal, por meio da enxertia. ATeG também presta assistência na gestão das propriedades em Ariquemes.

A Prefeitura de Ariquemes, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Indústria e Comércio (SEMAIC), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e Sindicato Rural, realizou na última quinta-feira (9), uma visita de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), na lavoura cacaueira do agricultor Derivaldo Souza das Virgens, localizado na Linha C-60 da RO-257.

Durante a visita, o corpo técnico da SEMAIC e SENAR demonstraram o método de clonagem do cacau feito pela enxertia. A procedimento consiste em introduzir hastes do cacau clonal junto ao caule de galhos do cacau seminal. O procedimento foi efetuado em cerca de 100 galhos, como o intuito de revitalização da área plantada.

De acordo com o Engenheiro Agrônomo do SENAR, Joalisson Gonçalves, a troca pelo cacau clonal na lavoura trará vantagens e facilidade no cultivo da produção. “A área plantada já tem cerca de 20 anos e as árvores vão perdendo um pouco da sua produtividade com o passar do tempo. Então a nossa finalidade é revitalizar toda a área para o cacau clonal, que possui determinadas vantagens no seu cultivo comparado com o convencional. Ou seja, ele tem maior produtividade, começa a produzir com menos tempo e é mais resistente a determinadas doenças, como no caso da Vassoura de Bruxa, que na década de 1990, inviabilizou o processo de cacau aqui na região.” Comentou.

Para o Diretor Executivo da SEMAIC, Antônio Marcos de Moura, a parceria para o desenvolvimento da ATeG tem grande importância para os produtores, pois através das visitas mensais, os agricultores são aprimorados com foco no aumento da eficiência produtiva da propriedade, durante todo o acompanhamento técnico e gerencial nas propriedades, que tem duração de 24 meses, sendo 4 horas mensais em cada propriedade.

Conforme Joalisson Gonçalves, a metodologia implantada nas ATeG’s reúne assistência técnica tanto na parte técnica, como na parte gerencial das propriedades. “Desta forma, fazemos com que o produtor rural entenda a importância de gerir a sua propriedade, sabendo de fato, como está sendo o custo de produção para determinada atividade e futuramente ver se realmente a atividade está sendo lucrativa ou não.” Destacou.

A lavoura do agricultor Derivaldo Souza das Virgens possui uma área plantada de três hectares e uma quantia de três mil cacaueiros. Satisfeito por receber as atividades na propriedade e confiante em uma melhora da produção da lavoura, o produtor agradeceu pelo apoio oferecido na ATeG.  

“Eles estão dando esse apoio pra fazer a clonagem. Durante a realização da ATeG, pretendo passar a ser profissional também e isso nos ajuda bastante, pois vamos mudar as árvores e fazer render, porque a produção atual é pouca e pelo preço que está não compensa muito. Com a renovação da plantação para o cacau clonal, poderei produzir cada vez mais e o cultivo do cacau clonal nos favorece e a mão de obra é mais prática, além de ser mais resistente à Vassoura de Bruxa.  Por isso tudo que a ATeG de hoje é muito importante, porque a gente precisa de apoio e como esse apoio oferecido, com certeza a gente terá grandes melhorias na plantação.” Concretizou.

Ariquemes.ro.gov.br

Data: 10/01/2020 Compartilhe esta notícia
 
 
Café Bem Cedo 2
Superemax Direito
Tigrão Veículos
Novalar

www.ariquemes190.com.br
Copyright © 2008 - 2020 Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Buscazip, Guiaking Empresas